Artigo E-book VI JOIN

E-books

ISBN: 978-65-86901-04-7 

Visualizações: 241
CEREUS JAMACARU COMO SUBSTRATO DE BAIXO CUSTO PARA PRODUÇÃO DE LIPASE PELO FUNGO ASPERGILLUS NIGER (ATCC 1004)

Palavra-chaves: CACTÁCEA, OTIMIZAÇÃO, FERMENTAÇÃO SÓLIDA, , E-book AT 04: Química

Resumo

CEREUS JAMACARU É UMA CACTÁCEA POPULARMENTE CONHECIDA COM “MANDACARU” NO BRASIL E PRESENTE EM TODO CONTINENTE AMERICANO. NO PRESENTE TRABALHO FOI AVALIADA A ATIVIDADE ENZIMÁTICA DO EXTRATO DA PLANTA IN NATURA, SECA E FERMENTADA ATRAVÉS DA FERMENTAÇÃO NO ESTADO SÓLIDO (FES) COM FUNGO ASPERGILLUS NIGER ATCC 1004. FOI UTILIZADO A METODOLOGIA DE SUPERFÍCIE DE RESPOSTA E O PLANEJAMENTO DOEHLERT, VARIANDO O TEMPO (H), TEMPERATURA (°C) E UMIDADE (%). O EXTRATO DO SUBSTRATO IN NATURA APRESENTOU UMA ATIVIDADE ENZIMÁTICA DE LIPASE DE (23.03± 0.001 UA) E SECO (15.03 ± 0.002). DE ACORDO COM OS DADOS OBTIDOS NA OTIMIZAÇÃO, OS RESULTADOS DA TABELA ANOVA INDICA QUE HÁ UMA BOA CONCORDÂNCIA ENTRE A RESPOSTA PREVISTA E OS VALORES EXPERIMENTAIS ESTUDADOS PARA CADA VARIÁVEL. O R2 FOI DE 0,94, MOSTRANDO QUE 94% DOS RESULTADOS EXPERIMENTAIS PODEM SER EXPLICADOS PELO PLANEJAMENTO ADOTADO.TEMPOS DE FERMENTAÇÕES SUPERIORES A 100 H E INFERIORES A 90 H, TEMPERATURAS MAIORES QUE 35°C E MENORES QUE 30°C E UMIDADES SUPERIORES A 70% E INFERIORES A 60% DIMINUEM A PRODUÇÃO DE LIPASE PRODUZIDA POR ASPERGILLUS NIGER ATCC 1004. DE ACORDO COM OS RESULTADOS OBTIDOS É POSSÍVEL VERIFICAR QUE APÓS A FERMENTAÇÃO A ATIVIDADE DA ENZIMA LIPASE AUMENTOU, PODENDO SER UMA FONTE DE ESTUDOS PARA PRODUÇÃO DE PRODUTOS COM ALTO VALOR AGREGADOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.