Artigo E-book VI JOIN

E-books

ISBN: 978-65-86901-04-7 

Visualizações: 247
EFEITO DA FERMENTAÇÃO COM O PENICILLIUM ROQUEFORTI ATCC 10110 SOBRE OS FENÓLICOS TOTAIS E A CAPACIDADE ANTIOXIDANTE DO BAGAÇO DA MAÇÃ DO CAJU

Palavra-chaves: FENÓLICOS TOTAIS, CAPACIDADE ANTIOXIDANTE, FERMENTAÇÃO NO ESTADO SÓLIDO, , E-book AT 04: Química

Resumo

O BAGAÇO DA MAÇÃ DE CAJU (ANACARDIUM OCCIDENTALE L.) É UM SUBPRODUTO DO PROCESSO DE EXTRAÇÃO DE SUCO E UMA DAS MAIORES FONTES DE RESÍDUOS PRODUZIDOS PELA INDÚSTRIA DE SUCOS DE POLPAS. ESSES RESÍDUOS FORAM INVESTIGADOS COMO FONTE DE CARBONO PARA PRODUÇÃO DE FENÓLICOS ANTIOXIDANTES ATRAVÉS DA FERMENTAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO PELO FUNGO PENICILLIUM ROQUEFORTI ATCC 10110. A EXTRAÇÃO DOS FENÓLICOS TOTAIS FOI REALIZADA ATRAVÉS DE UM PROCESSO SEQÜENCIAL, UTILIZANDO 60% DE ÁGUA, 30% DE ETANOL E 30% DE ACETONA NO BAGAÇO DA MAÇA DE CAJU POR 2 H A 34 OC. OS PARÂMETROS DE CONTROLE DO PROCESSO FERMENTATIVO, TAIS COMO TEMPERATURA DE INCUBAÇÃO E O TEMPO DE FERMENTAÇÃO, FORAM OTIMIZADOS USANDO UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DOEHLERT. APÓS O PROCESSO FERMENTATIVO, O TEOR MÁXIMO DE FENÓLICOS TOTAIS ENCONTRADOS FOI DE 408.81 MGGAE/100G A 32 OC E 93H. AS CAPACIDADES ANTIOXIDANTES DETERMINADAS PELOS MÉTODOS DPPH E ABTS ENCONTRADAS FORAM DE 4.619.57±209.95 G/G DPPH E 22.25±0.82 ?M TROLOX/G, RESPECTIVAMENTE. OS RESULTADOS DEMONSTRARAM QUE A FERMENTAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO COM O P. ROQUEFORTI ATCC 10110 FOI CAPAZ DE AUMENTAR EM 63% O TEOR DE COMPOSTOS FENÓLICOS TOTAIS E AS CAPACIDADES ANTIOXIDANTES EM 10% PELO MÉTODO DPPH E EM 63% PELO MÉTODO ABTS+ EM RELAÇÃO EM BAGAÇO NÃO FERMENTADO. DESSA FORMA, ESTE BAGAÇO DEIXA DE SER UM RESÍDUO PARA TORNAR-SE UMA IMPORTANTE BIOMASSA ALTERNATIVA NATURAL E BARATA PARA APLICAÇÃO EM BIOPROCESSOS COMO UMA FONTE RICA DE FENÓLICOS ANTIOXIDANTE. ESSES FENÓLICOS ANTIOXIDANTES PRODUZIDOS PODEM SER USADOS PARCIAL OU TOTALMENTE PARA SUBSTITUIR ANTIOXIDANTES SINTÉTICOS DE ALTO CUSTO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.