Resumo Trabalho

ENTRE OS MUROS DA ESCOLA, O QUE PENSAM OS PROFESSORES? DIFERENTES PERSPECTIVAS PARA O CURRÍCULO DE HISTÓRIA DA EJA

Autor(es): PRISCILA DOS ANJOS MORAES, JUPTER MARTINS DE ABREU JUNIOR e orientado por JUPTER MARTINS DE ABREU JUNIOR

A Educao de Jovens e Adultos (EJA) uma modalidade de ensino voltada para todos os cidados que, por algum motivo, no tiveram acesso ou possibilidade de permanncia e concluso de seus estudos na idade prpria. Os objetivos e as metodologias voltadas para a EJA foram modificados ao longo do tempo, dependendo das diferentes vises politicas dos governos e das conjunturas poltica, econmica e social. Alvo direto dessas modificaes so os alunos desta modalidade de ensino e tambm os professores que atuam na mesma. Diante deste quadro, temos a seguinte pergunta: Quais as perspectivas sobre o ensino de Histria dos professores dessa disciplina que atuam na EJA? Nesse sentido, a proposta de pesquisa comparar as diferentes vises sobre os objetivos e abordagens do ensino de Histria na EJA presentes no discurso de docentes dessa disciplina, nas escolas da 6 Coordenadoria Regional de Educao da rede municipal do Rio de janeiro que oferecem a modalidade de EJA. Para tal, prope-se compreender as representaes sociais dos professores sobre o ensino de Histria na EJA, obtidos a partir da utilizao de um questionrio especificamente desenvolvido para esta finalidade. Ao final, pretende-se avaliar em que medida os discursos apresentam diferenas e similaridades, e como as diferentes perspectivas podem afetar a prtica dos atores envolvidos. Usaremos para tal, as referncias tericas apontadas por Freire (1980, 1981), que busca encaminhar os professores para uma ao educativa no sentido da reflexo sobre o homem e seu meio de vida concreto, e as de Paiva e Sales (2013), que trazem para os educadores/pesquisadores em EJA a necessidade de nos adequarmos (ou de atentarmos em nossa prtica para os interesses dos sujeitos da EJA) aos interesses dos sujeitos da EJA; assim como Di Piero, Joia e Ribeiro (2001), que problematizam a aplicao do cnone da escola regular na educao de jovens e adultos.

Veja o artigo completo: PDF