Resumo Trabalho

SABER PLURAL: UM OLHAR NA CONSTITUIÇÃO DA PRÁTICA DOS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA

Autor(es): DENIZE AMORIM AZEVEDO MENDES e orientado por GUILHERME DOMINGUES DA MOTTA

Tendo em vista a pluralidade dos saberes que constituem o saber docente, uma questo muito debatida a do papel do saber da experincia na sua constituio. Para alm do reconhecimento do valor dessa dimenso do saber docente, a questo sobre a qual se deseja lanar luz a da objetivao dos saberes da experincia para assim contribuir para uma prtica docente humanizada. Essa questo relevante na medida em que os autores que tratam o tema, consideram que o saber da experincia constituinte do saber docente no pode ser um saber meramente subjetivo. Partindo-se da perspectiva de Maurice Tardif, segundo a qual a objetivao d-se, fundamentalmente, pela interao entre pares, esta pesquisa deseja revelar como percebida pelos professores, a importncia da interao das trocas de experincias nas quais resultam, como elemento constituinte da sua prtica. Atravs de anlise bibliografia e de pesquisa de campo, realizada por meio de entrevista semiestruturada com 25 professores da rede municipal de Seropdica, se procurar verificar em que medida os professores, quando lhes dada a voz, valorizam o saber da experincia e a troca entre pares, para a constituio de uma prtica mais humanizada. Que os professores reconheam que a prtica docente no consiste apenas em alcanar os objetivos presentes no planejamento, porque ensinar um trabalho social humanizado e que a troca de experincia entre pares, consiste numa contribuio para o saber docente mais humanizado, confirmar que a concepo humanizadora que cada sujeito possui, ocupa nessas trocas, um lugar privilegiado no qual se d objetivao desse saber que prprio dos professores e que deve ser cada vez mais valorizado.

Veja o artigo completo: PDF