Resumo Trabalho

COISA DE OCÓ E COISA DE MONA: QUESTÕES DE GÊNERO E SEXUALIDADE NAS PRÁTICAS EDUCATIVAS NO TERREIRO

Autor(es): ADELSON CEZAR ATAIDE COSTA JUNIOR e orientado por MARISTELA GOMES DE SOUZA GUEDES

Este pster pretende fazer comunicao dos resultados preliminares acerca da pesquisa desenvolvida a partir da escrita de tese de doutorado vinculada ao Programa de Ps-Graduao em Educao da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. A pesquisa pretende discutir as relaes de gnero e sexualidade que permeiam as prticas educativas existentes dentro dos terreiros de umbanda e candombl no Brasil. Adota-se como metodologia a entrevista narrativa, como meio de trazer liberdade de fala aos interlocutores da pesquisa. At o presente momento, a pesquisa debruou-se sobre as questes envolvendo os conflitos existentes acerca da adequao ou inadequao do sexo biolgico ao gnero declarado pelos membros da religio, e de como essa questo vista pelos sacerdotes, sacerdotisas e demais membros do corpo de pessoas que formam as comunidades de terreiro. Como resultados preliminares, apontamos que h um conflito basicamente polarizado entre um grupo que reivindica a permanncia da caracterizao do sexo biolgico de nascimento como fator de determinao das funes do indivduo na comunidade, sob pena de abandonar as tradies que garantiram a sobrevivncia da Umbanda e do Candombl; e um outro grupo que sustenta a necessidade de haver mudanas na organizao da comunidade no intuito de acolher e incluir a comunidade LGBTIQ+ de fato no seio do grupo, fazendo as adequaes necessrias para que os membros cumpram suas funes na comunidade em conformidade com sua designao de identidade de gnero. A consulta oracular, notadamente o jogo de bzios, sustentada pelo segundo grupo como fator legtimo e capaz de dirimir essas questes.

Veja o artigo completo: PDF