Resumo Trabalho

IMAGENS: ATÉ QUE PONTO ESTAS INTERFEREM NA VISÃO DO PROFESSOR SOBRE OS ALUNOS.

Autor(es): FABÍULA YOSHIDA MONTEIRO e orientado por CARMEN LÚCIA GUIMARÃES DE MATTOS

O ser humano socialmente visto de acordo com suas caractersticas fsicas e sociais, essas formam nossa imagem social, que vem acompanhada de uma srie de pr-conceitos e julgamentos. Esses moldam a forma como cada indivduo visto e tratado pelo outro na sociedade. Sabendo disso, procuramos pesquisar como uma viso preconceituosa do professor sobre o aluno pode causar seu fracasso escolar. Utilizamos metodologicamente pesquisas bibliogrficas presentes no Ncleo de Etnografia em Educao NetEdu, notcias contemporneas, divulgadas no site G1.com da Globo e textos dos Anais do Congresso de Estudos da Infncia, ocorrido em 2017 no campus Maracan, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ. Atravs das leituras se constatou que os(as) alunos(as) geralmente so estereotipados pelos educadores baseado em trs pontos: Aparncia, quanto mais limpo e bem cuidado o aluno melhor ele tratado; local de origem, alunos de zona rural ou de complexos mais pobres so considerados menos propensos a gerar bons resultados pelos professores; e pelos benefcios que podem adquirir da famlia do aluno, como investimentos na infraestrutura da escola ou algo menor, como um lanche. Outro ponto que tambm colabora para o fracasso escolar a falta de polticas pblicas que garantam a continuidade do aluno em sala de aula. Ao fim da pesquisa pode-se concluir que os professores que perpetuam seus pr-conceitos atravs dos estudantes, juntamente com a falta de polticas pblicas que assegurem estabilidade a situao do aluno, refletem na viso do educando sobre si mesmo e dos demais sobre ele.

Veja o artigo completo: PDF