Resumo Trabalho

ACESSIBILIDADE DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA (CADEIRANTES) NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS DE TERESINA PIAUÍ.

Autor(es): IGO RODRIGUES FERREIRA, ANA CRISTINA DE ASSUNÇÃO XAVIER FERREIRA

A incluso o processo de insero de pessoas com deficincia no mbito social, no entanto polticas pblicas garantem essa implantao baseada em leis que lutam pela igualdade e pelo direito educao para todos. A LDB/96 assegura esse direito s pessoas com deficincias, exigindo adequaes de currculos, mtodos, tcnicas e fsicas. Precisamos ento conhecer essas pessoas que vivem a nossa volta, Entre estas, temos os cadeirantes (deficiente fsico), os quais nos levaram a realizar esta pesquisa, temos como objeto de estudo a acessibilidade de alunos com deficincia fsica nas universidades pblicas de Teresina. A incluso destes alunos na educao envolve um processo de reforma e reestruturao das universidades como um todo. Assim partimos do problema: esto s universidades pblicas de Teresina adaptadas para a acessibilidade de deficientes fsicos (cadeirantes)? Portanto, parece algo muito simples a acessibilidade, no entanto questionamos se as universidades pblicas dispem de acesso adequado para estas pessoas. Para confirmamos esta acessibilidade temos como objetivo analisar as estruturas fsicas das universidades pblicas quanto incluso de pessoas com deficincia fsica (cadeirantes). Neste intuito, realizamos pesquisa qualitativa, por meio de observaes dos aspectos fsicos das universidades e entrevistas em uma populao de professores, vigilantes e alunos cadeirantes. Tivemos como aporte terico Mantoan (2005); Werneck (1997); Trivinos (1987); Blanco (2000), entre outros. Os resultados obtidos na coleta de dados nos levaram a considerar que estas universidades ainda no esto totalmente adaptadas para a incluso e o simples acesso a estes cadeirantes na quais as Leis garantem.

Veja o artigo completo: PDF