Resumo Trabalho

ESCREVIVÊNCIAS E REFLEXÕES SOBRE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NAS AÇÕES PARA AS RELAÇÕES ÉTNICORRACIAIS.

Autor(es): CÉLIA REGINA CRISTO DE OLIVEIRA

Este trabalho um breve recorte da dissertao de mestrado, de minha autoria, intitulada Sobre ns, mulheres negras na escola: um estudo sobre relaes raciais e perspectiva decolonial de educao. Na qual parto de duas dimenses fsico-experienciais, sendo a primeira dimenso autobiogrfica, na qual vou me ater neste trabalho, onde fao uma rememorao de minha trajetria em tempos/espaos distintos, tais como a escola onde atuo, bem como as contribuies de outros espaos cujas prticas pedaggicas trouxeram reflexes para o campo da educao para as relaes tnicorraciais. Junto ao termo autobiografia (escritas de si) soma-se a escrevivncia, termo presente nas narrativas de histrias de vida de sujeitos silenciados e subalternizados pela histria oficial, como direito a possuir um lugar de memria (NORA,1993), sobretudo de mulheres negras encontradas nas obras da escritora-ativista do Movimento Negro Brasileiro, Conceio Evaristo. Assumir a escrevivncia como mtodo me moveu, junto ao coletivo de mulheres negras a formar a Rede Carioca de Etnoeducadoras Negras, uma rede que vem sendo tecida no dilogo com a Red de Maestros y Maestras Hilos de Ananse (Colmbia) cujas narrativas de prticas pedaggicas tornam-se centrais nas arenas de intercmbio e na experincia pessoal de construo de contra-currculos. Assumo a decolonialidade no sentido de Anbal Quijano (2005). Vejo a possibilidade de rastrear pistas nos percursos de formao de praticantes docentes (PACHECO, 2008).

Veja o artigo completo: PDF