Resumo Trabalho

REPENSANDO A ESCOLA: EDUCAÇÃO, INTERCULTURALIDADE E PEDAGOGIA DESCOLONIAL

Autor(es): ISADORA DE MÉLO COSTA, WALLACE ADAMETZ ESCARRONE e orientado por MARCO SILVA

Sem nunca perder de vista que a escola uma instituio social no apenas da educao e da cultura de forma ingnua, mas tambm de relaes de poder do Estado e dos grupos sociais articulados politicamente, pretende-se expor as ideias de colonialidade e interculturalidade crtica como chaves de leitura de nosso horizonte escolar. Do mesmo modo, como forma de resistncia a discursos j consagrados, que reproduzem um preconceito pertinente na realidade das escolas, deseja-se analisar e problematizar perspectivas didticas que se distanciam da crtica a subordinao de raa, contida nas heranas da colonizao. Utilizando-se da abordagem de pesquisadores do campo dos estudos decoloniais e da teoria crtica, objetiva-se analisar algumas concepes didticas e exaltar o que ficou conhecido Interculturalidade-crtica. Isto , um meio de fortalecer a construo de identidades dinmicas, abertas e plurais no somente no cotidiano escolar, mas potenciando os processos de empoderamento, sobretudo, de sujeitos historicamente inferiorizados. Assim, a partir do dilogo entre essas concepes didticas, deseja-se contribuir para uma pedagogia que desnaturaliza os processos conhecidos como Eurocentrismo, Democracia Racial e o Interculturalismo funcional, presentes e legitimados por meio da Colonialidade.

Veja o artigo completo: PDF