Resumo Trabalho

A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DURANTE A GRADUAÇÃO: UMA ANÁLISE CURRICULAR NA PERSPECTIVA INCLUSIVA

JOSÉ JORGE DE SOUSA

Com os avanços e as necessidades de trabalhar na escola com a perspectiva inclusiva, área que vem sendo atualmente objeto de estudo de diversas pesquisas e debates, surge uma grande preocupação com a formação inicial do professor de Matemática em sala de aula. Observa-se que o professor de Matemática se sente inseguro e se considera incapaz de trabalhar com a diversidade em sala de aula, se confirmando que sua formação inicial não trouxe subsídios para que seja possível trabalhar em uma perspectiva inclusiva ou voltada para as diferenças. A partir disso, é lançado o problema da pesquisa: Como os cursos de graduação em Matemática estão abordando a diversidade e a inclusão? O referencial teórico é principalmente baseado em Mantoan (2006) e autores que trouxeram em suas pesquisas questionamentos similares. Trata-se de uma pesquisa descritiva e bibliográfica e pretende descrever e analisar os componentes curriculares dos cursos de graduação. Os dados indicaram a necessidade de uma abordagem específica para trabalharem com a diversidade e a inclusão no espaço da formação inicial. A necessidade de ter acesso a conhecimento e discussões sobre a inclusão é essencial para a construção da prática pedagógica dos professores de Matemática, mas destaca-se que sua abordagem durante a formação inicial seja apenas um ponto de partida e que é necessário buscar sempre uma formação continuada.

Veja o artigo completo: PDF