Resumo Trabalho

INCLUSÃO SOCIAL: POR UMA EDUCAÇÃO HUMANA

MARIA VERÔNICA PIRES DA SILVA

No decorrer dos anos muito tem sido feito, porém; ainda precisamos unir forças para ações fortemente ressurgidas, para que não seja algo diferente e sim algo a se priorizar. Não podemos negar que a inclusão social ganha nova configuração ao longo dos anos com todas as leis e consequentemente espaços. As leis são imprescindíveis e sua efetiva aplicabilidade a inclusão se mostrara através de contornos efetivos. Segundo Sassaki (1997) o movimento de inclusão social começou incipientemente na segunda metade dos anos 80 nos países mais desenvolvidos, tomou impulso na década de 90 também em países em desenvolvimento e vai se desenvolver fortemente nos primeiros 10 anos do século XXI envolvendo todos os países. Este movimento tem por objetivo a construção de uma sociedade realmente para todas as pessoas, sob a inspiração de novos princípios, dentre os quais se destacam: Celebração das diferenças, Direito de Pertencer, Valorização da Diversidade Humana, Solidariedade Humanitária, Igual Importância das Minorias, Cidadania com Qualidade de Vida. O objetivo geral desta pesquisa é configurar a diferença teórica dos autores e a dimensão dos cuidados que são apresentados no decorrer do tempo, possibilitando a inclusão. Como objetivos específicos: iremos descrever a contribuição dos autores no contexto da inclusão social ao longo dos anos e localizar no cenário atual suas evidências. Podemos concluir que as atividades desenvolvidas no contexto bibliográfico serão voltadas para as Políticas públicas no que concerne a educação inclusiva, sendo observado neste resgate histórico, através dos autores citados o amadurecimento social e novas conquistas para o porvir com perspectivas de grandes mudanças também possibilitadas pela mídia e tecnologia.

Veja o artigo completo: PDF