Resumo Trabalho

ACESSIBILIDADE DE PESSOAS CADEIRANTES: O CASO DE UMA ESCOLA INTEGRAL DO MUNICÍPIO DE REMÍGIO - PB

DANIELY DOS SANTOS CABRAL

Todas as escolas precisam estar preparadas para receber e atender as necessidades educacionais dos estudantes. Para isso as novas edificações escolares precisam garantir a acessibilidade e as já existentes precisam adaptar seus prédios no prazo pré-estabelecido na lei. Essa construção ou adaptação das edificações escolares deve seguir as normas e parâmetros estabelecidos na NBR 9050 lançada pela Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT), em 2015. Ante o exposto, o objetivo dessa pesquisa foi analisar as condições de acessibilidade de uma escola da rede municipal de ensino. A pesquisa foi realizada em uma escola de tempo integral do município de Remígio - PB e sua abordagem teve caráter qualitativo. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se a observação direta das edificações da escola supracitada com a efetuação de registros fotográficos e medições dos seguintes pontos: estacionamento, rampa de acesso, entrada principal, corredores, portas, janelas, banheiros, biblioteca, bebedouro, refeitório, lousa, carteiras e quadra de esporte. Os dados obtidos foram avaliados tomando como base as normas e parâmetros contidos na terceira edição da NBR 9050 lançada em 2015 pela ABNT. O nome da escola foi suprimido por questões éticas. A escola analisada possui diversos parâmetros que estão de acordo com a NBR 9050/2015, entretanto alguns ainda precisam ser adaptados para promover a acessibilidade para a P.C.R. e atender os direitos de igualdade e autonomia estabelecidos na lei às pessoas com necessidades especiais.

Veja o artigo completo: PDF