Resumo Trabalho

MOBIUFAL: INTERVENÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE MOBILIDADE NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

EDUARDO MONTEIRO DE LIMA

Ao longo dos anos, diferentes transformações vêm ocorrendo na sociedade, advindas dos avanços nos meios científicos e tecnológicos, e tem determinado alterações nas formas como as pessoas vivem, se formam, se relacionam, trabalham e estudam. Essas alterações estão inovando singularmente as instituições sociais. No Brasil, as escolas e as universidades assumem um papel social e tem um compromisso desafiador para proporcionar um atendimento educacional com equidade e de qualidade para todos. Atualmente, torna-se crescente o ingresso de estudantes com deficiência nas universidades, o que tem provocado alterações do/no cotidiano desses sujeitos e todos os envolvidos. Para a efetivação bem-sucedida dessa grande conquista, também se fazem necessárias mudanças em saberes e práticas e na estrutura dos campus universitários para que se ocorra a inclusão social. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo mostrar uma intervenção para auxiliar no processo mobilidade realizada na Universidade Federal de Alagoas com os alunos atendidos pelo Núcleo de Acessibilidade visando e ampliando tanto o acesso quanto sua permanência nesse espaço democrático. Assim, o projeto piloto Mobiufal alcançou as expectativas de seus idealizadores e através dele tem conseguido superar a dificuldade encontrada no processo de mobilidade no campus universitário e promover a inclusão social e educacional.

Veja o artigo completo: PDF