Resumo Trabalho

UMA ABORDAGEM SOBRE A ESCOLA E A CRIANÇA HIPERATIVA

BRENDA OLIVEIRA FERREIRA DA SILVA

Trata-se de um trabalho, fruto de uma pesquisa bibliográfica, que teve por objetivo discutir como devem ser as intervenções escolares para o pleno aprendizado da criança com o transtorno de déficit de atenção e aprendizagem – TDAH. Esse transtorno leva o aluno a agressividade nas escolas gerando indisciplina e violência. Logo, o ensino e a aprendizagem são prejudicados, pois os professores têm dificuldades em colocar limites no espaço escolar, pois na grande maioria os alunos não obedecem aos pais, sendo assim não conseguem intervir nas situações de problemas mais complexos dentro da sala de aula, devido os mesmos não saberem lidar com situações violentas, precisando do apoio da direção da escola. A hiperatividade é um dos distúrbios mais frequentes na idade pré-escolar e escolar. A hiperatividade é caracterizada por excesso de atividade motora, déficit de atenção e falta de alto controle, que inicialmente foi definida como um distúrbio neurológico, relacionada com lesão cerebral mínima. Pode-se concluir que diante da presença de um discente com TDAH em sala, o professor precisa ser preparado para vivenciar e enfrentar diferentes situações. Somente com essa capacidade, ele terá condições de intervir junto à criança com TDAH, que se encontram matriculada nos primeiros anos do ensino fundamental.

Veja o artigo completo: PDF