Resumo Trabalho

RECEPÇÃO DE TEXTOS LITERÁRIOS: LEITURA E ESCRITA COM ALUNOS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGENS

LIDIANE GOMES DOS SANTOS

No meio acadêmico, especificamente no curso de Letras-Português, em uma determinada disciplina se nortea a discussão sobre a inclusão escolar, as dificuldades de aprendizagens que alguns alunos tende a apresentar nas aulas de português: leitura e produção textual; em certos casos graves. Porém, não proporciona um contato prático do estudante de letras com uma sala de aula com certos casos: transtornos e/ou dificuldades de aprendizagens. Ao lecionar esse profissional se depara com uma sala do ensino fundamental II, com alunos que apresentam sintomas de dificuldades de aprendizagens, e a maioria não são acompanhados por profissionais da área. Essa nossa experiência nos fez refletir como o profissional de Letras-Português pode ajudar esses alunos mediante as dificuldades de ambos, com a falta de especialistas nesta área nas escolas regulares. Diante disso surge a pergunta da pesquisa: Como a leitura de textos literários pode influenciar no aprimoramento da escrita, compreensão e desenvolvimento cognitivo de alunos que sofrem com algum tipo de dificuldade de aprendizagem ou transtorno? Quais são os desafios do profissional da educação no ensino de língua portuguesa para alunos com algum tipo de dificuldade de aprendizagem? Acreditamos que a leitura tem o poder de inquietar o aluno, e assim construir um diálogo com o contexto do leitor, tanto social, familiar, emocional, e assim, resultando em um aprimoramento na compreensão, na leitura e consequentemente podendo refletir na produção textual do aluno. Pretendemos alcançar uma elucidação sobre o determinado tema desta pesquisa, analisando uma produção textual de um aluno do 8º ano em que apresenta dificuldade de escrita, porém traz traços das leituras literárias ocorrida em sala de aula, essa análise será feita mediante alguns textos teóricos, com base nos livros: O professor e a educação inclusiva: formação, práticas e lugares, organizado por Therezinha Guimarães e Teófilo Alves (2012); Fundamentos das Dificuldades de Aprendizagem, de Passos (2010). Teoria da estética da recepção do teórico Hans Robert Jauss (1967) e a teoria do efeito de Wolfgang Iser (1996), e com base também nos livros: a leitura e o ensino da literatura da autora Regina Zilberman (1989) artigos que aborde os objetivos desta pesquisa. Observamos na prática docente, em turmas do fundamental II, o quanto é desafiador levar o aluno a ler, compreender e escrever, e também o quanto o contexto emocional do aluno pode de certa forma impedi-lo de compreender e escrever sobre qualquer determinado tema, e principalmente com alunos que sofrem com alguma dificuldade de aprendizagens ou transtornos. Para Iser (1996, p. 171) perceber as normas do nosso próprio mundo social enquanto tal abre a possibilidade de adquirir consciência daquilo em que estamos envolvidos [...]”, a realidade, o contexto familiar e social vivenciado pelos alunos, que na maioria das vezes é transmitida nas aulas seja de forma implícita ou explícita, é capaz de certa forma que esse contexto interfira não apenas na recepção de texto mas também na aprendizagem dos alunos, no contato com o texto literário, por exemplo.

Veja o artigo completo: PDF