Resumo Trabalho

AS DIRETRIZES CURRICULARES EM EDH E O PPP DE UMA ESCOLA DA REDE ESTADUAL DE LIMOEIRO/PE: UMA QUESTÃO DE INCLUSÃO

ZÉLIA MARIA MELO DE LIMA SANTOS

A Educação em Direitos Humanos deve ser entendida como um caminho facilitador para a concretização de um projeto político pedagógico em que todos os membros da comunidade escolar sejam sujeitos a essa ação. Essa educação deve permitir a percepção integral do contexto em que está inserida em suas várias dimensões como a ética, a social, a econômica, a cultural e a ambiental. Além disso, o processo deve ser articulado de forma transversal, onde o educando seja participe do processo em todos os momentos, seja na construção e aplicação do conhecimento, no enfrentamento de situações críticas, propondo soluções e tendo autonomia para superá-las. A Educação em Direitos Humanos concebe uma escola viva e dinâmica com práticas educacionais que estimulem a participação de toda comunidade escolar com legitimidade desses processos participativos. Para tanto, os projetos curriculares podem trazer concepções com a tríplice finalidade da educação para os direitos humanos e para a paz, que é a informação, a formação e a transformação. Esta é uma pesquisa de natureza qualitativa que objetiva perceber se existem garantias de ações em Educação em Direitos Humanos no Projeto Político Pedagógico da Escola. Os dados coletados na pesquisa demonstram que a Escola é uma Unidade de Ensino onde prevalece uma gestão democrática e cidadã, favorecendo a presença de elementos de Educação em Direitos Humanos no Projeto Político Pedagógico da referida Escola.

Veja o artigo completo: PDF