Resumo Trabalho

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA PARA CRIANÇAS

MACIELE HENRIQUE DE MEDEIROS SOARES

Com a crescente busca em aprender a língua espanhola, se faz necessário que pensemos no processo de ensino/aprendizagem da língua voltado para todos os públicos. Assim, o ensino de Espanhol como Língua Estrangeira – ELE para crianças é de extrema importância, uma vez que estudos comprovam que aprender uma língua estrangeira na infância é mais rápido. Posto isto, o presente trabalho concentra-se em desenvolver e apresentar reflexões sobre o ensino de espanhol para crianças, tratando primeiramente a respeito da formação de professores de línguas estrangeiras para este público, refletindo sobre os desafios existentes no processo formativo, convidando-os a se preocuparem com seus modos de atuação, para que possam ser cada vez mais críticos e reflexivos. Abordaremos também, a importância do ensino de espanhol para as crianças, já que o estudo de uma nova língua encantará, pois é algo novo para eles, e também algumas possibilidades de trabalho com este público infantil, para que as aulas não sejam de forma mecanizada, aspecto recorrente em algumas práticas docente, acontecendo assim envolvimento e motivação das crianças na aprendizagem. Para isso, utilizaremos alguns estudiosos que nortearam as nossas discussões como Boéssio (2010), Fernández e Rinaldi (2009), Pires (2001), Silva e Costa Junior (2018) entre outros. Cientes dessa importância, procuramos ratificar de forma clara que se faz necessário que as instituições formadoras promovam reflexões e formação para o processo de ensino/aprendizagem de espanhol para crianças, como também a relevância do ensino de espanhol.

Veja o artigo completo: PDF