Resumo Trabalho

PROJETO XÔ DENGUE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E TEATRO PARA CRIANÇAS NO COMBATE AO AEDES AEGYPTI.

ALANNA THEREZA DE FARIAS CARVALHO

A dengue é considerada um grave problema de saúde pública e um breve levantamento histórico demonstra que a incidência tem aumentado no Brasil a cada ano, sobretudo pela urbanização desordenada e o favorecimento de criadouros para o mosquito, vetor do vírus. É transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais. Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado em janeiro de 2018, foram registrados menos casos prováveis de dengue em 2017, 252.054 casos contra 1.483.623 em 2016. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente com a dengue em mais de 100 países de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue. Com o projeto de extensão tivemos como objetivo sensibilizar a população sobre os perigos gerados pelo mosquito Aedes Aegypti através das crianças, fazendo com que elas compreendessem a importância de evitar a proliferação do mosquito, e passassem a praticar as medidas de prevenção e atuando juntamente com a equipe de saúde como agentes multiplicadores, atingindo os pais, demais familiares e comunidade em geral, além de mostrar que o estudo é a arma mais poderosa que eles deveriam segurar, visto que o bairro que visitamos era localizado em uma área de risco e as crianças ingressavam cedo no mundo do crime, apresentamos a elas o mundo dos contos de fadas visando a transformação do meio em que eram inseridas e formar multiplicadores de ideias.

Veja o artigo completo: PDF