Resumo Trabalho

SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS COMO FORMA DE INCLUSÃO NO ENSINO DE FÍSICA

JOHNATHON COELHO NUNES

No presente trabalho foi realizado um estudo voltado para o uso das simulações computacionais como método de inclusão no ensino de física. Ao tratar-se do conteúdo de circuitos elétricos em sala de aula, é comum que os alunos não entendam de forma específica como se comporta um circuito ou que seja capaz de interpretar as funções de cada dispositivo e entender como variam as grandezas envolvidas no sistema. Este trabalho teve como principal objetivo apresentar o Falstad - Circuit Simulator Applet (CSA) para as turmas de terceiro ano do ensino médio de uma instituição de ensino estadual localizada na cidade de Petrolina-PE. O CSA é uma aplicação web capaz de realizar simulações de circuitos elétricos seja desenhada ou pré-montada. Por ser uma ferramenta tecnológica de fácil acesso (via browser através de computadores, smartphones ou tablets), gratuita e que proporciona uma considerável usabilidade, torna-se um método inclusivo para despertar o interesse geral dos alunos e proporciona um outro nível de compreensão do conteúdo em questão. Além da abundante variedade de simulações prontas que podem ser manipuladas com facilidade, o CSA também permite que o usuário crie experimentos conforme sua criatividade e conhecimento e, salve seus projetos para importa-los quando quiser novamente no programa.

Veja o artigo completo: PDF