Resumo Trabalho

AUTISMO E PERCEPÇÃO AMBIENTAL

CLEANDRO STEVÃO TOMBINI

Esse artigo apresenta alguns resultados obtidos na área da inclusão escolar, verificados a partir de uma metodologia voltada para a mediação de conteúdos em Educação Ambiental, por meio da interação entre Arte e Ciências, duas disciplinas ministradas pela mesma professora na EMEF Monteiro Lobato, do município de Gravataí, RS, em 2010. Descreve de forma sucinta a metodologia utilizada pela docente, que teve como foco, abordar o tema transversal do meio ambiente (percepção e leitura deste), utilizando a fotografia como um recurso pedagógico (fotografando o entorno do arroio Barnabé, próximo à Escola), para que os alunos do 6º ano passassem a pensar, perceber e se sensibilizar com a realidade local (a poluição nas bordas e dentro do rio). Tece comentários a respeito do transtorno autista e da situação atual da inclusão escolar. Tem por objetivo principal, discutir os resultados alcançados na área da Educação Inclusiva, por meio da observação à produção do aluno com autismo, o qual se tornou protagonista do projeto, principalmente pela qualidade expressiva de seus desenhos e por suas reflexões (fala e escrita) produzidas durante o trabalho com o meio ambiente.

Veja o artigo completo: PDF