Resumo Trabalho

O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO NAPNE NO IFAL: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS NOS CAMPI CORURIPE E RIO LARGO

MONICA COSTA SANTOS

A implantação dos Núcleos de Atendimento as Pessoas com Necessidades Especiais – NAPNE, no Instituto Federal de Alagoas – IFAL, foi regulamentado por meio da Resolução nº 45 do Conselho Superior, publicada em 22 de dezembro de 2014. Esse texto pretende discutir como esse processo foi desenvolvido, a partir de relatos de experiências vivenciadas nos campi localizados nas cidades de Coruripe e Rio Largo, do ponto de vista das autoras, que atuam nas referidas unidades. Trata-se de trajetórias bastante representativas, uma vez que as profissionais estavam diretamente envolvidas no planejamento e no desenvolvimento de ações decorrentes da política de inclusão adotada pelo IFAL, em seus respectivos campi. Buscou-se referenciar esse estudo inicial em uma revisão bibliográfica básica sobre o tema e na análise da legislação vigente. Também foram utilizadas as atas de reuniões promovidas pelas equipes dos núcleos, portarias e resoluções institucionais, com o objetivo de compreender a forma como se deu o processo de implantação e consolidação dos NAPNEs nos campi Coruripe e Rio Largo. Inicialmente, trata-se de um relato das experiências que foram vivenciadas por profissionais que atuam diretamente na mediação do processo de ensino e aprendizagem e promoção da educação inclusiva no IFAL.

Veja o artigo completo: PDF