Resumo Trabalho

MULHERES QUE SE DESTACARAM NA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA

JANE CLEIDE DE ALMEIDA CORDEIRO

Durante muito tempo temos visto as mais diversas especulações acerca da pouca representação da mulher no campo científico, mais especificamente na Matemática. Muitos estudos foram desenvolvidos na área em busca de uma possível explicação a este fato, onde a quase totalidade deles chegou a inegável conclusão de que as mulheres foram desviadas involuntariamente desta área pela sociedade. Alegou-se durante anos que a mulher seria incapaz intelectualmente de se equiparar aos homens, deixando-as às margens da construção histórica da Matemática. Alguns campos do conhecimento através da prática social foram se moldando apenas a homens, onde um deles trata-se da Matemática. Em sua longa jornada em busca do reconhecimento, marcada por objeções, discriminação e pré-conceito, de forma morosa, algumas mulheres conseguiram reconhecimento e realização profissional neste campo tão abstrato. Diante disto, concordamos ser necessária, a apresentação da trajetória de algumas mulheres que contribuíram de forma significativa com esta ciência. Este trabalho foi proposto com objetivo de exemplificar algumas das mulheres que fizeram parte da construção histórica da matemática, assim como seus legados imensuráveis para o mundo acadêmico. Sua relevância justifica-se pelo fato ter havido poucas, porém grandes mulheres na construção da história da matemática, que hoje servem como referência a impulsionar as que optam pela carreira, mas que ainda se prendem a tais abusos de limitar áreas de acordo com gênero. Realizamos uma revisão de literatura, para exemplificar e descrever um pouco da história de vida de algumas das mulheres que participaram da construção histórica da matemática, assim como seus legados. Como resultado, identificamos grandes obras e vivencias que marcaram a História da Matemática, deixando um legado e um norte para as mulheres que almejam ingressar nesta área, porém se deparam com a falta de incentivo mediante ao gênero imposta pela sociedade, que infelizmente dita papéis preestabelecidos assim como lugares sociais.

Veja o artigo completo: PDF