Resumo Trabalho

INCLUSÃO SOCIOEDUCACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA ATRAVÉS DA ATIVIDADE FÍSICA, DO TURISMO SOCIAL E DE EVENTOS SOCIOCULTURAIS – UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

IZABELI SALES MATOS

O presente trabalho relata a experiência do Projeto Sesc Ativo – Núcleo Pessoa com Deficiência, que emergiu a partir de uma pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso. O estudo teve como objetivo investigar as contribuições das atividades psicomotoras aquáticas para o desenvolvimento da pessoa com surdocegueira. Por intermédio desta pesquisa, evidenciou-se a relevância da prática da atividade física para a comunicação e o desenvolvimento do surdocego, contribuindo significativamente para o seu processo de inclusão socioeducacional. Tendo como premissa o resultado da referida investigação, foi implantado o Projeto Sesc Ativo – Núcleo Pessoa com Deficiência, uma parceria entre as instituições Associação de Cegos do Ceará e Serviço Social do Comércio – Fortaleza. O citado projeto, em seu primeiro ano, contava com 36 alunos – incluindo pessoas com deficiência visual, surdocegueira e múltipla deficiência – e desenvolvia atividade aquática e musculação. Atualmente atende a 300 alunos – pessoas com deficiência, altas habilidades e superdotação –, disponibilizando as modalidades de musculação, ciclismo indoor, ginástica funcional, natação, hidroginástica e psicomotricidade aquática, além do turismo social e da participação em eventos socioculturais e esportivos. Também contribui para a difusão de saberes e pesquisas na área da educação especial e inclusão da pessoa com deficiência e atividade física adaptada.

Veja o artigo completo: PDF