Resumo Trabalho

PRÁTICAS DOCENTES: O USO DO TABLET COM CRIANÇAS AUTISTAS

CÁTIA REGINA RAMOS DA SILVA

RESUMO O objetivo principal desse trabalho é demonstrar que a utilização do tablet com crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) favorece, entre outros, o desenvolvimento dos precursores de linguagem, viabilizando que as habilidades indispensáveis ao processo de alfabetização sejam desenvolvidas, tendo em vista que a maioria das crianças com autismo, demonstram prejuízo no uso sustentado do olhar, na atenção conjunta e compartilhada, no uso do apontar, nas habilidades sociais, entre outros. Os estudos fundamentaram-se na pesquisa bibliográfica de Lévy (1994); Grandin (2017); Vygotsky (1993); Schmidt (2013); Orrú (2012) e Serra (2018). A aplicação prática, deu-se com a participação de duas crianças com autismo, de 4 e 6 anos de idade, estudantes de um Centro Integrado de Educação Pública (CIEP), localizado em Acari – bairro que possui um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do município do Rio de Janeiro. Os estudos levaram também à reflexão sobre a importância do uso da tecnologia, sobretudo, quanto ao uso do tablet, no desenvolvimento cognitivo, social e comportamental de pessoas com autismo, destacando o valor da ludicidade no processo de aprendizagem e a necessidade da inclusão digital de pessoas com deficiências nas comunidades mais carentes da sociedade.

Veja o artigo completo: PDF