Resumo Trabalho

ENSINO DE GEOGRAFIA E EDUCAÇÃO DO CAMPO: A EXPERIÊNCIA DA PRODUÇÃO DE UM RECURSO DIDÁTICO UTILIZANDO AS ROCHAS DO SEMIÁRIDO

ANTONIO CARLOS SOARES DE MOTA

A educação geográfica nas escolas do campo é de suma importância para que os alunos compreendam os elementos que compõem o espaço geográfico, ou seja, o mundo e suas problemáticas sociais e ambientais. Contudo, para que o ensino de Geografia seja proveitoso, devem-se considerar as necessidades dos alunos e o seu dia a dia, pois é fazendo a relação com o meio em que convivem que é possível se ter um ensino de qualidade na Geografia. Dessa forma, este trabalho, tem por objetivo apresentar a experiência da produção e experimentação de um recurso didático intitulado “Ciclo das Rochas do Semiárido”. Esse recurso didático foi produzido no âmbito do projeto de extensão realizado no curso de Licenciatura em Educação do Campo na área das Ciências Humanas e Sociais, especificamente no ensino de Geografia na Escola Municipal de Educação Básica Ildefonso Anselmo da Silva, localizada no município de Amparo – PB. Para execução dessa pesquisa, utilizamos os pressupostos da pesquisa qualitativa, através da Pesquisa-Ação, que foi dividida em momentos de capacitações/produções e experimentação nos contextos acadêmico e escolar. A produção e experimentação do recurso didático foi realizado na sala de aula, envolvendo os universitários, alunos e a professora titular. Verificamos que o recurso didático produzido foi de grande importância, pois trouxe de uma forma concreta e contextualizada o ensino sobre as rochas sedimentares, metamórficas e magmáticas, que seriam visualizadas apenas por imagens do livro didático de uma forma distante da realidade. Desta forma, identificamos o quanto foi válido a contribuição de produzir com os próprios alunos esse recurso didático na aprendizagem destes, contribuindo para uma educação geográfica de qualidade para as escolas do campo

Veja o artigo completo: PDF