Resumo Trabalho

A EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM ALTAS HABILIDADES E SUPERDOTAÇÃO – AH/S: CONCEPÇÕES E CONCEITOS NA FORMAÇÃO DOCENTE

CAMILA REZENDE OLIVEIRA

O presente artigo trata à respeito das AH/S e tem como objetivo principal apresentar um breve ensaio teórico do tema e seu impacto na formação docente na educação básica. Esse estudo se justifica pela necessidade de conhecer teoricamente a temática estudada e também permitir que tais concepções contribuam de maneira efetiva para aqueles que são considerados os principais atuantes do espaço escolar: educadores e educandos. A metodologia de estudo utilizada consistiu em uma pesquisa de natureza bibliográfica fundamentada principalmente em autores como Gardener (1994) Brasil(2010) e Renzuli(1979) dentre outros. Os estudos vêm considerar um dos mais recentes interesses da sociedade: a educação inclusiva. A importância deste assunto reside no fato de que os processos educativos e acompanhamento das AH/S são conhecidas nos estudos educacionais e mesmo assim o termo é incipiente na bibliografia da politicas educacionais. Nesse sentido, marcado pela educação inclusiva, exige-se dos profissionais uma postura mais dinâmica, inovadora e criativa, tendo como base um aperfeiçoamento de modo contínuo. A educação deixa de ser verificadora para ser um processo natural e necessário para direcionar todo o aprendizado, motivando o aluno de AH/S a uma constante vontade de aprender a aprender.

Veja o artigo completo: PDF