Resumo Trabalho

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM: O PAPEL DO CÉREBRO NA APRENDIZAGEM

KÉTSIA FERREIRA VIANA BEZERRA DIAS

presente artigo resultou do desenvolvimento de uma pesquisa de campo acerca das Dificuldades de Aprendizagem (DA), oportunizada pelo Componente Curricular Psicopedagogia, sob orientação da professora Dra. Maria da Guia Rodrigues Rasia, no curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da Universidade Estadual da Paraíba / Campus I, Campina Grande – PB. Nosso objetivo ao realizar essa pesquisa consistiu em analisar como as dificuldades de aprendizagem tem sido visualizadas no âmbito escolar, bem como, compreender como funciona o cérebro das crianças que apresentam DA e enaltecer a importância do professor durante o processo de aquisição de conhecimentos dessas crianças com DA. A metodologia utilizada para a concretização da pesquisa supracitada, foi de caráter qualitativo, visto que esse tipo de metodologia nos permite compreender melhor o contexto analisado e assim poder compreender até que ponto as DA apresentadas são de ordem “particular” do indivíduo ou podem estar ligadas a outros fatores exteriores ao mesmo. A presente investigação foi realizada em uma escola Municipal da cidade de Campina Grande – PB, com uma professora que atualmente leciona em uma turma de 2º ano do Ensino Fundamental I com alunos na faixa etária de 7 e 8 anos. A profissional é Graduada em Pedagogia e Especializada em Atendimento Educacional Especializado (AEE). Antes de ir a campo coletar os dados que nos deram subsídio a escrita desse artigo, realizamos um estudo de cunho bibliográfico a fim de adquirir mais conhecimento sobre o tema e assim poder realizar e analisar, nossa pesquisa de campo. Para coleta de dados, realizamos uma entrevista semiestruturada totalizando seis questões que nos deram margem para as discussões apresentadas. Os resultados demonstraram que a formação docente capacitada para a atuação com alunos que apresentam Dificuldades de Aprendizagem é de suma importância para o trabalho pedagógico que potencialize as habilidades cognitivas e sociais desses alunos dentro de suas capacidades.

Veja o artigo completo: PDF