Resumo Trabalho

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA SECRETARIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS MULHERES: ATUANDO PARA COM O FORTALECIMENTO DAS MULHERES DO CAMPO.

MÔNICA BATISTA DA SILVA

O presente artigo trata-se de um relato de experiência, cujo objetivo é descrever a vivencia do estagio supervisionado desenvolvido na Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM), bem como a proposta de intervenção realizada com mulheres do campo. Para tal elencamos os seguintes objetivos específicos: apresentar a aproximação com a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, a partir do Estagio Supervisionado; e apontar as contribuições da proposta de intervenção do estágio, relatadas a partir da fala das mulheres do campo. Recorremos aos estudos de Gohn (1995-2008) para tratarmos do conceito de sociedade civil e movimentos sociais; Brasil (2003) para apresentarmos como foi criada a SPM; Freire (2005) apresentando a educação como caminho para a mudança social e Pateman (2013) que discute o patriarcalismo. Quanto à metodologia tratamos de uma pesquisa-ação conforme André (1995), como instrumento de coleta de dados utilizamos a observação com registro em diário de campo na acepção de Barbosa (2010). Em relação à análise dos dados, lançamos mão da análise de conteúdo segundo Franco (2008). Como participantes tivemos quinze mulheres campesinas. Quanto aos resultados relatamos que a aproximação com a SPM, a partir do estágio supervisionado em movimentos sociais, se efetivou de forma acolhedora e de muito aprendizado; os dados nos apresentam que o projeto de intervenção desenvolvido com as mulheres do campo foi muito significativo para elas, pois representou um momento de troca de experiências e saberes.

Veja o artigo completo: PDF