Resumo Trabalho

A SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL: “CONSTRUIR SEM DEMOLIR”

JOSÉ ANSELMO DA SILVA NETO

Uma das grandes preocupações a nível mundial é com a preservação do meio ambiente, dentre estas à construção civil com o uso exacerbado dos recursos naturais. Dessa forma, têm sido motivo de alerta para os pesquisadores buscar alternativas para realinhar as práticas construtivas com modelos sustentáveis de habitação. Através de uma pesquisa de campo foi possível conhecer as principais 5 obras de grande porte geradas pela construção civil na cidade de Campina Grande-PB e uma destinação final de resíduos de forma incorreta. Também proporcionou uma conversação informal com alguns profissionais da área visando apresentar a eles aspectos relacionados à construção civil e meio ambiente, e com isso passar o conhecimento analisado qual o interesse é a preservação dos recursos naturais. Observa-se que a autoconstrução e as reformas consideradas pequenas por empreiteiros são responsáveis por uma boa parte de resíduos na indústria civil, embora sejam pequenos volumes ou grandes em sua maior parte são transportados de forma inadequada por ser descartados em locais inadequados, com isso gera desconforto à sociedade em torno de suas casas, uma vez que estes locais tornam-se um atrativo para descarte de outros resíduos. Os principais resíduos encontrados em Campina Grande-PB foram de madeiras, ferros velho, pedras e “entulho de um modo geral”, causando desconforto à sociedade de um modo geral. Portanto, a educação ambiental é caso primordial para uma sustentabilidade dentro de todos os meios, agregados valores nos processos construtivos para o conhecimento da conservação ambiental e de toda sociedade.

Veja o artigo completo: PDF