Resumo Trabalho

A PRESSÃO NOS ALUNOS PRÉ-UNIVERSITÁRIOS: UMA ABORDAGEM PSICOPEDAGÓGICA

MILENA SOCORRO ROCHA GASPAR VEGA

De acordo com o desenvolvimento humano, a criança ao se tornar adolescente passa do pensamento dedutivo para o hipotético dedutivo, o qual é caracterizada por uma série de questionamentos que tende a gerar uma crise existencial. No último ano escolar, esses adolescentes costumam estar em momentos decisivos em que precisam exercer tomadas de decisões importantes, dessa forma, buscou-se observar de que maneira esses alunos pré-universitários se portam previamente frente aos exames vestibulares e como esse momento influencia em seu processo de aprendizagem. Para a realização deste estudo, foi utilizada como metodologia a pesquisa-ação, que consiste em uma pesquisa participante, ou seja, o pesquisador se insere no contexto participando dos costumes do grupo pesquisado. Em função disso, participaram 30 alunos do terceiro ano do ensino médio de uma escola da rede estadual de ensino da cidade de João Pessoa. Dessa maneira, as pesquisadoras se deslocaram ao local e realizaram uma roda de diálogo, usando o método da escuta. Assim, verificou-se que os alunos pré-universitários sofrem de influências psicológicas e físicas que desencadeiam empecilhos referentes à aprendizagem individual. Tendo isso em vista, a Psicopedagogia busca minimizar ou eliminar os entraves que dificultam a aprendizagem considerando uma visão humanizada do ser cognoscente.

Veja o artigo completo: PDF