Resumo Trabalho

DIREITOS HUMANOS, DROGAS E EDUCAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES PARA UMA ABORDAGEM INCLUSIVA

IVONALDO LEITE

: O trabalho tem como objetivo desenvolver uma abordagem sobre as drogas, colocando em evidência as ambivalências a seu respeito, os estigmas produzidos e aportando também contribuições para proporcionar um enfoque inclusivo acerca da questão, desde a educação e os direitos humanos. Metodologicamente, resulta da operacionalização de duas variáveis: 1) revisão bibliográfica e análise de documentos governamentais e de organizações internacionais que tratam do assunto, como a Comissão Global de Política de Drogas; 2) experiência de trabalho de campo no estudo das drogas. Dentre os seus resultados, destaca-se que expressões estigmatizantes são alienantes e definem as pessoas limitando-as tão-somente ao consumo de uma substância, e assim as definem como indivíduos moralmente defeituosos e inferiores. Assinala-se ainda que a estigmatização tem, de imediato, dois efeitos perversos, isto é, quanto mais a sociedade estigmatize e repugne as pessoas que usam drogas ilícitas, menos oportunidade de tratamento ao consumo problemático é oferecido; da mesma forma, o estigma distancia as pessoas que necessitam de ajuda dos serviços disponíveis. Como aporte a uma abordagem alternativa sobre o tema, desde um enfoque dos direitos humanos, inclusivo e através da educação, é apresentado um quadro no intuito de promover uma mudança no uso de expressões no contexto do consumo de drogas. Conclusivamente, assinala-se, por exemplo, a necessidade de se realizar um escrutínio sócio-histórico da perspectiva proibicionista sobre as drogas, como forma de se entender os estigmas em torno do tema, e assim se promover uma abordagem, através da educação, comprometida com os direitos humanos e a inclusão social.

Veja o artigo completo: PDF