Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO PARA SURDOS: INCLUSÃO NA ESCOLA E FILOSOFIAS EDUCACIONAIS

JULIANA FERNANDA VIEIRA SOUZA

A presente pesquisa se propõe a discutir e analisar a inclusão escolar e as três filosofias educacionais para os surdos. São apresentados o que é, o por qual motivo e de que modo deve ser praticado a verdadeira inclusão escolar diferenciando os conceitos de integração e inclusão. Conjuntamente são examinados as definições e os objetivos das filosofias educacionais: Oralismo, Comunicação Total e Bilinguismo, destacando dentre elas o Bilinguismo por tratar a surdez como uma particularidade e não uma doença que possa comprometer o desenvolvimento do aluno, além de respeitar a sua língua materna que é a de sinais. A pesquisa foi realizada com os estudos bibliográficos dos teóricos Mantoan (2003), Goldfeld (2001), entre outros da área da educação para surdos. Pretendemos com o referido estudo contribuir com a valorização da inclusão escolar, a análise crítica das filosofias educacionais e a relevância do bilinguismo para a sala de aula. Considera-se, assim, sua importância na educação para surdos por abordar questões de cunho inclusivo, o aprimoramento de metodologias que respeitem suas características e o reconhecimento do bilinguismo pela sua eficácia em atender e aceitar o aluno compreendendo suas necessidades e limitações.

Veja o artigo completo: PDF