Resumo Trabalho

A CONSTRUÇÃO DE UM NAPNE NA EDUCAÇÃO INFANTIL DO COLÉGIO PEDRO II

CINTIA TAVARES FERREIRA

O presente estudo é um recorte da pesquisa desenvolvida pela primeira autora, sob orientação da segunda, sobre a implementação do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas – NAPNE, do Colégio Pedro II, criado no âmbito da educação infantil. Trata-se de uma pesquisa teórico-prática em uma instituição federal, que contribui para as práticas educativas de inclusão neste segmento de escolarização. Tem como objetivos refletir e avaliar com a equipe o trabalho do núcleo; dialogar sobre as dificuldades encontradas até o momento; investigar algumas leis sobre Educação Especial e Educação Inclusiva, discutindo seus impactos e suas contribuições na Educação Infantil. O relato de experiência aqui tratado está relacionado mais especificamente ao Centro de Referência em Educação Infantil Realengo (CREIR) visto que é a única unidade que atende esta primeira etapa no Colégio Pedro II. Sendo assim, discutiremos algumas políticas de Educação Especial e suas implicações na Educação Infantil; a constituição do NAPNE na Educação Infantil do Colégio - o trabalho inicial, os processos e sujeitos envolvidos, o Atendimento Educacional Especializado, as mediações, as trocas com a equipe escolar - pensando e repensando sobre as práticas inclusivas. Já é possível perceber muitos avanços e entender a necessidade de ampliar o trabalho do NAPNE como, por exemplo, criando uma sala de recursos multifuncionais, aperfeiçoando a qualidade da bidocência dos professores, ampliando a presença de professores com carga horária integral para mediação e a presença da fonoaudióloga escolar no núcleo.

Veja o artigo completo: PDF