Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO MEDIADORA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL

DÉBORA ARAÚJO LEAL

Este artigo é resultado de uma revisão de literatura que buscou compreender a importância da avaliação mediadora no contexto da Educação Especial. Para tanto elencamos o adjacente problema de pesquisa: Como a bibliografia aborda sobre a avaliação da aprendizagem no contexto da educação especial? Para responder a esta problemática traçou-se os seguintes objetivos: Compreender como a literatura recente concebe a Avaliação Mediadora da aprendizagem no contexto da Educação Especial; Identificar os suportes legais que norteiam os princípios avaliativos na Educação Especial; Conhecer as concepções e métodos retratados pela bibliografia para avaliar no contexto da Educação Especial; Analisar os entraves do processo avaliativo dos educandos portadores de necessidade especial na prática escolar. Buscou-se as orientações do Ministério da Educação e Cultura e as Diretrizes Curriculares para a Educação Especial. Com o intuito de subsidiar a discussão ora almejada foi utilizada uma pesquisa com base na análise dos principais documentos norteadores dessa proposta, concomitantemente, a uma revisão bibliográfica necessária ao fomento do conhecimento sobre a a avaliação na educação especial. Nas conclusões evidencia-se que o professor com uma postura consciente, ou seja, autônoma, deve abandonar práticas bancárias de educação, pensar e agir com uma epistemologia fundamentada no processo de aprendizagem do sujeito, o qual é dinâmico, contínuo, visando significações quanto ao fazer pedagógico com os processos de inclusão em sua formação continuada, objetivando uma educação formadora de cidadãos críticos, reflexivos e autônomos, comprometidos com a sociedade de seu tempo.

Veja o artigo completo: PDF