Resumo Trabalho

A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES PARA O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE FORTALEZA E A POLÍTICA OFICIAL

ROBÉRIA VIEIRA BARRETO GOMES

O presente estudo é resultado de uma pesquisa realizada com os professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) que atuam nas salas de recursos multifuncionais das escolas municipais de Fortaleza. Nesse sentido, o estudo desse objeto nos ajudará a responder as seguintes questões: Como acontece a formação dos professores para atuar no AEE? A política oficial que estabelece do AEE está sendo colocada em prática? Nosso objetivo foi analisar como acontece a formação desses profissionais e refletir se a política oficial que estabelece o AEE está sendo colocada em prática. Nessa direção, fizemos uma revisão da literatura sobre a temática, analisando documentos como: A Política Nacional da Educação Especial na Perspectiva Inclusiva de 2008, a Resolução Nº 4, de 2 de outubro de 2009 que Institui Diretrizes Operacionais para o AEE na Educação Básica, modalidade Educação Especial; a Resolução Conselho Municipal de Educação de Fortaleza Nº 015/2017 e a Resolução 10/2013 que Estabelece normas para a educação especial na perspectiva da educação inclusiva e para o AEE no Sistema Municipal de Educação de Fortaleza. Na metodologia foi utilizada a análise documental e a entrevista semiestruturada com 15 docentes. Os resultados evidenciaram que existe uma legislação que orienta a formação docente e a execução do AEE na rede de ensino municipal de Fortaleza. Concluímos que permanece a necessidade de relacionarmos a formação do professor com a realidade da escola e os docentes, atuantes efetivos desse processo, buscam a todo o momento efetivar uma prática inclusiva.

Veja o artigo completo: PDF