Resumo Trabalho

JOGOS MATEMÁTICOS COM IDOSOS(AS): SABERES LEMBRADOS, MEMÓRIA ESTIMULADA

MARIA DE FÁTIMA CALDAS DE FIGUEIREDO

Este artigo apresenta um relato de experiência didático-pedagógica realizada numa oficina com aplicação do jogo matemático “Caça Números” vivenciada numa turma de educandos idosos(as) da Universidade Aberta à Maturidade (UAMA-UEPB), Campina Grande-PB. A proposta surgiu da reivindicação dos próprios educandos(as) com desejo de acessar tarefas educativas de estímulo à memória ao revelarem que a Matemática utilizada de forma lúdica com jogos, estimula o pensamento, o raciocínio e a atenção. Com esta atividade individual buscou-se atender o interesse dos participantes, não apenas para estimularem a memória, mas oportunizar o compartilhamento de seus saberes matemáticos individuais em pequenos grupos, a inclusão em atividades de aprendizagens continuada, além de refletir a viabilidade do jogo matemático no desenvolvimento das funções cognitivas nesta faixa etária. As contribuições dos autores que discutem a longevidade, inclusão de idosos(as), socialização, interdisciplinaridade, jogos matemáticos e suas competências, fundamentaram esta discussão teórica com abordagem metodológica bibliográfica, descritiva e discussão interpretativa da Inclusão de idosos(as). Os resultados revelam que, durante a aplicação do “Jogo Caça Números” os participantes estimularam o raciocínio à medida que resolviam as questões solicitadas, demonstrando atitudes de concentração individual, também, entre pares e grupos ao discutirem buscas numéricas e ao compartilharem resultados em momentos de interação, aprendizagem e socialização.

Veja o artigo completo: PDF