Resumo Trabalho

INCLUSÃO DE POLÍTICAS DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: OS BASTIDORES E O PALCO

MARIA DO ROSÁRIO GOMES GERMANO MACIEL

Esse artigo tem como objetivo conhecer o processo de inclusão de algumas políticas públicas direcionadas ao processo de informatização no Brasil, particularmente sobre as relações entre informática e educação. Para tal, fazemos um percurso histórico sobre projetos implementados pelas políticas governamentais para o uso das tecnologias da informação e comunicação na educação. Assim nos acostamos às contribuições teóricas de Coraggio (2005); Bonetti (2006); Laurell (2002); Freitas (2002); Morais (1993, 1995, 2002); documentos oficiais, entre outros. A partir desses nexos, percebemos que desde o início a educação é utilizada como ferramenta fundamental para formar recursos humano, mão de obra qualificada no intuito de alavancar o desenvolvimento econômico do país. E os professores, os principais atores da escola, são vistos como meros executores de projetos e programas impostos de forma verticalizada.

Veja o artigo completo: PDF