Resumo Trabalho

CONTRIBUIÇÕES DAS METODOLOGIAS DIDÁTICAS E DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

JOSÉ LUCAS DOS SANTOS OLIVEIRA

A Educação Inclusiva busca promover a inserção de pessoas que sofram algum tipo de exclusão social por deficiência ou não, no ambiente escolar ou na universidade. O objetivo deste estudo foi realizar uma pesquisa bibliográfica sobre as possíveis contribuições de metodologias didáticas e da Educação Ambiental no ensino da Educação Inclusiva de alunos com Necessidades Educacionais Especiais (NEE). A coleta de dados consistiu na seleção de artigos científicos indexados em bases de dados como Scielo e Periódicos CAPES, que abordavam temas relacionados a Educação Especial e Inclusiva, Metodologias didáticas e Educação Ambiental. As pesquisas reportaram que as metodologias didáticas são essenciais para desenvolver habilidades e facilitar o ensino a alunos com NEE, contribuindo para a superação de limitações físicas e intelectuais. Existe carência de pesquisas que abordam com clareza as contribuições da Educação Ambiental na inserção de alunos com NEE na escola. Contudo, as experiências e relatos encontrados evidenciaram resultados positivos quanto a inclusão e autonomia dos alunos com NEE quando existe a contextualização e o ensino da Educação Ambiental. É necessário que a Educação Ambiental esteja mais presente no cotidiano dos alunos por meio da Educação Inclusiva, promovendo uma aprendizagem mais eficaz e dinâmica. O ensino tradicional traz poucos benefícios para a inclusão de alunos com NEE e, por isso, as metodologias didáticas em Educação Ambiental devem estar presentes no processo de formação. Além disso, a Educação Ambiental com alunos com NEE pode despertar o olhar crítico e a reflexão dos alunos sobre a realidade ambiental e da comunidade.

Veja o artigo completo: PDF