Resumo Trabalho

CONCEPÇÕES DE PROFESSORES QUE ATUAM NAS SALAS DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DE ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE SURUBIM – PE

GERLIANE ROCHA DE ARAÚJO

A pesquisa foi realizada a partir de estudos na Disciplina Metodologia do Ensino da Matemática II, ministrada na Universidade Federal de Pernambuco – Centro Acadêmico do Agreste (UFPE-CAA). O objetivo foi apresentar as concepções e dificuldades que os professores que atuam nas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) apresentam. Assim sendo, foi desenvolvida em duas escolas públicas localizadas no Município de Surubim – PE, sendo uma municipal e uma estadual. Para tal fim, foi produzido um questionário aberto contendo perguntas do tipo: Quais dificuldades que você encontra para trabalhar nas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE)? Há recursos suficientes e precisos para o ensino? É importante e eficiente essas salas de apoio especializado nas escolas? Você que trabalha na sala de AEE, participa das ações pedagógicas desencadeadas para o ensino regular? Em seguida foi realizada a aplicação do questionário. Em outra etapa realizou-se a análise das respostas apresentadas. Nesse contexto de educação inclusiva, é de suma importância estudos e pesquisas de como as escolas estão trabalhando no processo de inclusão e não apenas de integração, bem como análises da atuação de profissionais nas salas de AEE na qual esses precisam apresentar um potencial pedagógico e construtivo no processo de ensino e aprendizagem. As docentes que atuam nessas salas de recursos defendem a importância das salas de AEE nas escolas, e ainda afirmam contribuir para a formação social dos alunos com necessidades educacionais especiais.

Veja o artigo completo: PDF