Resumo Trabalho

O PROCESSO DE INCLUSÃO DO ALUNO COM DEFICIÊNCIA NO ENSINO REGULAR: UMA ANÁLISE NOS DISPOSITIVOS LEGAIS E CONSTITUCIONAL

MARIELLE ARAÚJO DE MEDEIROS

O direito a educação é um direito social, contudo, muitos são os avanços para que este direito seja por completo efetivado na vida, principalmente, de crianças e jovens. A educação inclusiva procura amenizar o elevado número destes indivíduos que estão fora das salas de aulas e ainda reorganizar as políticas públicas do nosso país, com isso, o processo de inclusão, junto com o espaço escolar, tem o objetivo de transformar a escola como espaço de todos sem exclusão e distinção. Sobre esta temática de inclusão o referido trabalho tem como alvo a pessoa com deficiência, preocupando-se com a metodologia e recursos que deve ser aplicado com estes cidadãos. Busca-se discutir a relação das pessoas com deficiência dentro de uma sociedade e esclarecer a trajetória da luta destes indivíduos para garantir seus espaços na sociedade, reconhecendo-os como cidadãos plenos e livres de preconceitos e barreiras que aniquilam sua condição de ser humano. Por fim, dar ênfase a importância da escola na vida de um indivíduo, a qual, transforma qualquer cidadão carente de conhecimento e estar sempre em processo contínuo. Neste processo, as crianças conviverão com a diferença por meio da inclusão e reconhecerão a diversidade, excluindo, assim, a discriminação do problema social. Portanto, conclui-se que os limites da pessoa com necessidades especiais nasce a partir do ambiente desumano e inadequado em que frequentam. No entanto, muitos são os avanços neste campo de lutas sociais que estão amparados desde a Constituição até o Estatuto da Pessoa com Deficiência.

Veja o artigo completo: PDF