Resumo Trabalho

A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DO GRUPO ESCOLAR FELIPPE CAMARÃO: UM MARCO PARA A INSTRUÇÃO PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CEARÁ-MIRIM (1874-1920).

IURY GABRIEL AMORIM DE ARAÚJO

O presente artigo tem como objetivo apresentar a história da origem e constituição do Grupo Escolar Felippe Camarão, no Município de Ceará-Mirim/RN, identificando seus marcos institucionais e sua relação com o cumprimento da legislação educacional e, ainda, buscando informações sobre de processo de inclusão de crianças do sexo feminino. Para isso, foi necessário estabelecer o recorte temporal entre os anos de 1874 a 1920, periodização entre a construção do primeiro edifício que sediou o Grupo Escolar ao ano correspondente à produção do registro do seu Livro de Termos de Visita e Exame, com data mais aproximada da data de fundação da respectiva instituição e que foi possível de localizar e identificar tais dados. Desse modo, percebendo a criação do grupo escolar como resultado da transição entre o período Imperial para o período Republicano no Brasil, que viera a ocasionar alterações na instrução pública norte-rio-grandense e, por consequência, ceará-mirinense, tendo como principal estratégia governamental de controle e tentativas de reorganização da instrução pública as legislações e regulamentações específicas para a educação. Investigou-se nesta pesquisa a origem e constituição desse grupo escolar, as relações de aproximação e distanciamento para com o cumprimento da legislação educacional vigente na época acerca das instituições sediadas no edifício, para perceber os elementos facilitadores da sua instalação e funcionamento na localidade. Para construção deste trabalho realizou-se pesquisa bibliográfica de diferentes obras que tratam da história do RN, como Cascudo (1972), e historiografia da educação no RN, como Araújo (1979), Moreira (2005) e história de Ceará-Mirim, como Senna (1974). Paralelo a esses estudos, processou-se também a seleção e análise de registros iconográficos referentes ao objeto de estudo por meio do acervo disponível da obra de Alves (2008), levando em consideração as orientações de Stamatto (2009). Procedeu-se então com a seleção e análise de documentos que nos permitem coletar informações sobre o Grupo Escolar e seu primeiro edifício, como Relatórios da Província, Decreto de Criação do Grupo Escolar, Regimento dos Grupos Escolares. E, inda, se fez visita a espaços de memória, como afirma Xavier (2006), no qual foi possível analisar documentos como Livro de Termos Visitas e Exames do Grupo Escolar em estudo. Assim, conseguiu-se discorrer sobre a origem e características do único Grupo Escolar de Ceará-Mirim, por meio do estudo e tessitura e análise de informações presentes nas diferentes fontes bibliográficas e documentais, escritas e iconográficas, podendo então identificar parcialmente o cumprimento da legislação educacional e a inclusão de meninas nas instituição estudada. Portanto, considera-se que esse trabalho se apresenta como de relevância para os estudos acerca da historiografia da educação brasileira e da educação norte-rio-grandense por se tratar da escrita da história de uma instituição criada num período marco da história deste país, e que proporcionou marcas de alterações na localidade. Além disso,esta pesquisa encontra-se vinculada à construção de um espaço de preservação da história e memória da Educação no Rio Grande do Norte no laboratório de História e Memória da Educação do Centro de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Veja o artigo completo: PDF