Resumo Trabalho

MEIO AMBIENTE E AUTISMO: INTERAÇÃO SOCIAL E COM O MUNDO.

BRUNA RAFAELY ARAÚJO

O transtorno do espectro autista (TEA) foi descoberto a pouco tempo e, com isso, essa temática tem ganhado grande espaço na sociedade e na mídia. No entanto, pouco se sabe a respeito da real causa, ou melhor, do que de fato ocasiona o transtorno. Mas, o que se sabe, na realidade, é que os prejuízos são imensuráveis na vida de um sujeito, desde das dificuldades de se relacionar com pessoas até a fala pode ser prejudicado. Foi pensando nisso que o objetivo desse trabalho veio trazendo uma visão mais ampla para se trabalhar o tema acima supracitado. Nesse contexto o TEA deixa de ser visto apenas por profissionais da saúde, tais como médicos, psicólogos, e da educação como psicopedagógico, mas começa a ser visto com um novo olhar, o da arquitetura, a ciência e profissão que trabalha para além do projetar, mas também entendendo quem utilizar esse projeto e com qual finalidade, além dos benefícios que este pode promover. O objetivo desse trabalho é trazer a realidade um anteprojeto arquitetônico que vise trabalhar três pilares: as relações humanas e sociais, o meio ambiente e o lúdico, nas escolas públicas da cidade de Mossoró, no intuito de promover um melhor desenvolvimento para estas crianças e, acima de tudo, para que possa haver de fato uma inclusão dessas crianças na escola e na sociedade.

Veja o artigo completo: PDF