Resumo Trabalho

LUDOCANÇÃO: FERRAMENTA MUSICOTERAPÊUTICA PARA AUXILIAR A CRIANÇA COM TEA A RESSIGNIFICAR O ATO DE BRINCAR DURANTE O PROCESSO DE FORMAÇÃO EDUCACIONAL

CARLOS CORREIA SANTOS

O ato de brincar traz em si premissas importantes para a formação da cognição humana. Na infância, brincadeiras são ações que ajudam a desenvolver percepção, motricidade, senso relacional e criticismo. Crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), de modo geral, apresentam dificuldades em lidar com o ato de brincar de forma amplamente exploratória. Limitações para entender a usabilidade e a pertinência desse ou daquele brinquedo em função da dispersão constante ou do excessivo recorte da atenção podem trazer ao autista barreiras no processo de aquisição do conhecimento. O presente artigo tem como objetivo investigar o uso da LudoCanção como ferramenta musicoterapêutica destinada a auxiliar crianças com TEA a ressignificar o ato de brincar durante sua formação educacional. A pesquisa tem como escopo um relato de experiência com análise qualitativa do processo de aplicação dessa técnica ao longo de seis meses de atendimento educacional especializado a um menino com TEA. Como resultado, constatou-se que a LudoCanção, criação musical com fins terapêutico-educacionais que tenta ensinar a função de cada brinquedo, pode auxiliar a criança autista a lidar de maneira mais proveitosa – do ponto de vista pedagógico – com as atividades lúdicas.

Veja o artigo completo: PDF