Resumo Trabalho

ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO AO DIAGNÓSTICO DE DISLEXIA E ADOLESCÊNCIA

LIVANIA BELTRÃO TAVARES

Em uma sociedade onde ler e escrever são atividades consideradas extremamente importantes para que o indivíduo se adapte de forma satisfatória e obtenha sucesso profissional, dificuldades nesse processo podem ser consideradas exttremamente estressantes. Diante disso, questionamos que estratégias são utilizadas pelos adolescentes diagnosticados com tal problemática. O presente artigo, parte de uma pesquisa maior, buscou discutir a literatura concernente ao assunto aboradado, buscando analisar como pesquisadores e autores renomados contribuem com a temática. Para tanto, foi feita a consulta a artigos científicos selecionados através de busca no banco de dados do scielo e da bireme, a partir das fontes Medline e Lilacs. Selecionamos os artigos por temáticas, conforme explicitado a seguir. Posteriormente discutimos os dados obtidos através da pesquisa realizada. A revisão da literatura indica que se encontram na comunidade científica poucos estudos referentes a estratégias de enfrentamento relacionadas a diagnósticos de dificuldades de aprendizagem e nenhum que trate específicamente do diagnóstico de dislexia. As pesquisas encontradas focam nas diferenças entre os sexos e idade no que se refere ao uso de estratégias de enfrentamento na adolescência. Conclui-se que há uma necessidade de mais pesquisas com esse objetivo.

Veja o artigo completo: PDF