Resumo Trabalho

O CUIDADOR (A) E SUAS ATRIBUIÇÕES NO CONTEXTO DA ESCOLA INCLUSIVA: EXPERIÊNCIA NO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DE CAMPINA GRANDE (PB).

VERONICA MARQUES DA SILVA BARBOSA

Atendendo a Política Nacional de Educação Especial de 2008, implementada pelo Ministério da Educação, no qual cita nas Diretrizes dessa Política, que cabe aos Sistemas de Ensino, ao organizar a educação especial, disponibilizar da função de cuidador (a) para os alunos com necessidades de apoio nas atividades de higiene, alimentação, locomoção, entre outras que exijam auxílio constante no cotidiano escolar. Para tanto, o Sistema Municipal de Ensino de Campina Grande, concretizou a atuação do cuidador(a) desde 2014, que deve atuar com alunos especiais que possuem dependência matriculados nas salas regular. O estudo de cunho qualitativo, apresenta a análise dos dados de pesquisa de campo realizada em escolas municipais que existem a atuação do cuidador(a), e se os mesmos vinheram contribuir com a inclusão escolar do aluno especial e concomitante incluí-lo, no processo de ensino e aprendizagem do aluno(a) especial. E pesquisar se os professores das salas regular, e pais, demonstraram satisfação com a atuação do cuidador (a). Inicialmente, o trabalho apresenta um breve histórico da educação inclusiva; as atribuições do cuidador (a). O objetivo da pesquisa e segue apresentando o resultado das indagações de professores e pais dos alunos especiais. E contextualizando-o em nível municipal, como o grande trunfo do gestão municipal na promoção da política de educação inclusiva, em nível local, efetivando as Políticas de Pública de Inclusão, assegurando o direito à aprendizagem do aluno com dependência específica e necessidade de cuidador (a) nas salas regular no Sistema Municipal de Ensino do Município.

Veja o artigo completo: PDF