Resumo Trabalho

O ENSINO DE QUÍMICA NUMA PERSPECTIVA DE INCLUSÃO PARA DEFICIENTES VISUAIS: REVISÃO DE LITERATURA

ELANE DA SILVA SALVADOR

A Educação Inclusiva tem sido alvo de pesquisas e reflexão para educadores em diversos níveis de ensino, uma vez que a inserção de alunos que possuam alguma necessidade especial no âmbito escolar está cada vez maior. A deficiência visual por sua vez, chama atenção principalmente dos professores da área de ciências exatas, pela necessidade de metodologias e recursos que possam auxilia-los no processo de ensino-aprendizagem, além da qualificação dos professores para atender as necessidades especiais desses alunos. Desta forma o estudo teve como objetivo, buscar pesquisas na literatura que envolvesse a formação de professores de química em relação ao tema inclusão, bem como metodologias que podem ser utilizadas nas aulas de química para facilitar a compreensão de alunos que possuam deficiência visual. Elaborou-se revisão de literatura com dezoito artigos, no período de 2000 à 2017, o qual continha artigos de experiência e revisão de literatura. Os dados da revisão mostraram que a inclusão de deficientes visuais não é um tema tão recente, porém está obtendo maior atenção recentemente. Os resultados do estudo trazem algumas informações de interesse acadêmico na área de inclusão, o qual apresenta algumas metodologias adaptadas para deficientes visuais utilizadas nas aulas de química, bem como traz os desafios enfrentados na formação de professores e a necessidade de profissionais qualificados nessa área.

Veja o artigo completo: PDF