Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: A PRODUÇÃO DE ATIVIDADES AVALIATIVAS PARA TURMAS DE 9º ANO EM BOA VISTA – PB

MARILIA FELIX DINIZ MELO

O presente trabalho versará sobre a elaboração de atividades avaliativas, na Escola Francisca Leite Vitorino em Boa Vista – PB, para alunos de 9º ano que têm deficiências e estão em turmas regulares. Objetivando o aprimoramento, bem como a qualidade das práticas de ensino, o educador precisa utilizar recursos diversos, além da sensibilidade aguçada para a promoção da inclusão em sala de aula. Afinal, é um espaço interativo, dinâmico, participativo em que a aprendizagem se coloca como necessária, com vistas à concretização do processo de ensino. As atividades avaliativas fazem parte desse processo e colaboram para o estabelecimento do conhecimento. Entretanto, a verdadeira inclusão em sala ocorre quando os alunos estão inseridos em espaços regulares, objetivando a promoção da interação social e de conteúdos, não somente porque as Leis asseguram o estabelecimento das condições necessárias para uma educação igualitária, mas para que possamos desenvolver o potencial de cada aluno. Assim, utilizamos a adaptação dos conteúdos sugeridos para série supramencionada, de acordo com o tipo de deficiência que o aluno tem, sem que haja exclusão acerca dos assuntos que estão propostos para a série escolar, tão pouco sem que se tenha direcionamento focalizado na deficiência. Dentre outras as práticas de leitura e escrita fazem parte do processo de avaliação e nos ajudam a ampliar a capacidade de percepção e/ou o nível de dificuldade que determinado aluno se encontra.

Veja o artigo completo: PDF