Resumo Trabalho

PLURALIDADE CULTURAL: DESMISTIFICANDO A CULTURA INDÍGENA E AFRICANA NAS AULAS DE CIÊNCIA COM A TURMA DO EJA, ATRAVÉS DO USO DE PLANTAS MEDICINAIS.

MESSIAS DE OLIVEIRA SILVA

Este trabalho teve como objetivo abordar questões relacionadas a introdução de Temas Transversais em sala de aula, com ênfase á pluralidade cultural. As plantas medicinais tem sido uma fonte valiosa de produtos para a manutenção da sáude humana. O Brasil é um dos países que tem uma rica biodiversidade de plantas medicinais, e a cultura de utilização das mesmas vem sendo cada vez mais ampliada pela população brasileira e passada através das gerações. Em relação a abordagem pluricultural, fala-se em um educação voltada para os valores, os direitos humanos, entre outros, o que podemos ver são manifestações preconceituosas, racistas, intolerância e etc. Cabe a escola que questões como essas relacionadas a pluralidade cultural, não passem despercebidas, com o intuito de conscientizar o cidadão acerca de uma gama de conhecimentos relacionados a suas raízes que o torne um cidadão crítico em relação as diferentes situações vivenciadas pelo mesmo ao longo de sua vida. E que traga uma visão mais consciente em relação as problemáticas citadas acima. Foram apresentados slides e exibição de vídeos buscando um discurso que gerasse uma roda de conversa entre os participantes envolvidos. A metodologia deu-se por fim com a proposta de uma atividade extraclasse, onde os alunos entrevistassem através de um questionário algum familiar ou vizinho abordando os conhecimentos a respeito de pluralidade cultural. Esse processo aconteceu em turmas da EJA, da rede municipal de ensino na cidade de Queimadas-PB. Posteriormente, à análise dos resultados obtidos, esse trabalho traz uma discussão desses resultados.

Veja o artigo completo: PDF