Resumo Trabalho

REFLEXÕES ACERCA DA SEXUALIDADE DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NA SALA DE AULA: DO PRISMA DISCURSIVO ATÉ A IMPORTÂNCIA DA LAPIDAÇÃO DESTE TEMA NOS ESPAÇOS EDUCATIVOS.

RITA MARLES GONÇALVES

Resumo O presente escrito é fruto de uma pesquisa em torno da literatura científica sobre a temática da sexualidade das pessoas com deficiência e o papel da escola frente a essa discussão, dialogando a partir do documento da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (Brasil, 2011) acerca das pessoas com deficiência e a necessidade de inclusão de estudantes com Necessidades educacionais especiais no sistema regular de ensino, seus direitos de acesso e permanência, além da importância de discutir a temática da sexualidade nos espaços educativos, tendo em vista a importância da escola formar os sujeitos para a cidadania. Assim, tivemos como objetivo pesquisar produções na área a partir da Revisão de Literatura Narrativa (UNESP, 2018) Maia e Aranha (2005), Littig et al (2012), Silva et al (2014), Miranda (2015); Marcondes e Silva (2017) de uma reflexão sobre a literatura científica a partir de alguns artigos da plataforma Scielo e Google Acadêmico, além do acervo da biblioteca da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), uma vez que o ponto de partida que fomentou essa pesquisa foram discussões em sala de aula na disciplina Saberes e Metodologias do Ensino de Ciências I, no ano de 2017. Os resultados apontam que, apesar de existirem produções na área educacional, porém ainda de forma tímida, tanto no acervo virtual quanto na biblioteca da Universidade citada é possível encontrar uma dissertação de mestrado. Essa realidade evidencia uma lacuna histórica de visibilidade dos sujeitos que acaba por reverberar nas produções científicas atuais que discutem acerca desta temática.

Veja o artigo completo: PDF