Resumo Trabalho

PERSPECTIVAS E DESAFIOS DO PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM EM EJA: UM OLHAR SOBRE O QUE DIZEM OS SUJEITOS DA EJA NO MUNICÍPIO DE SOLEDADE-PB

EDIVÂNIA PAULA GOMES DE FREITAS

Este estudo objetiva discutir as perspectivas e os desafios do processo ensino/aprendizagem apontados pelos sujeitos aluno, professor, gestor e coordenador municipal que atuam, na modalidade da EJA, do município de SOLEDADE-PB. Optamos pela pesquisa qualitativa com aplicação de entrevistas. Serviram-nos de aporte teórico os estudos de Paulo Freire (2005), Gouveia e Silva (2015), Guerra (2013) Lück (2011), Mayo (2004), Nascimento (2013), Soares (2005), entre outros. Além de outros documentos oficiais da EJA, como as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação de Jovens e Adultos. Os estudos revelaram que para conhecermos a problemática da EJA é necessário compreendermos, desde os motivos que desencadeiam a evasão escolar do aluno, o nível de formação do educador, qual é o tipo de materiais e recursos didáticos utilizados, enquanto prática pedagógica do processo ensino-aprendizagem, características do aluno da EJA, entre outros. Conclui-se, pois, que a EJA possui um público diferenciado da educação regular em, que as turmas são formadas por pessoas jovens, adultas e até idosos e, que para atender as necessidades básicas desse público é necessário à existência de políticas públicas educacionais especificas dessa modalidade de ensino. Acredita-se que diante do cumprimento dessas medidas a prática alfabetizadora da EJA certamente, seria realizada com mais empenho e dedicação, para que não haja a desmotivação do alunado e que estes possam fazer jus ao direito de não somente frequentar a sala de aula, mas de se tornar escolarizado e puder concluir os seus estudos.

Veja o artigo completo: PDF